Promoção Amazon
Tempo limitado

Capa do Livro Versejo (Di) Versos

10% OFF

NOVAS POEMAÇÕES... Estes são versos líricos, por vezes algo até irreverente tiradas palatáveis, bem ao sabor dos amadores da coisa lúdica, contida na poesia. Homônimo de edição anterior, daí lhe haver-se somado o adjetivo «novas», este livro, o 20º de João Gomes da Silveira, ecleticamente está assim arquitetado: primeira parte, Sonetos e Sonetilhos, vinte e cinco de cada qual, em páginas alternadas segunda parte, Outras Poemações, poemas de forma fixa (indrisos, rondéis, trovas, aldravias, haicais etc.) e poemas de forma não fixa.

_Capa Final  - Cem 100% Sonetos.jpg

70% OFF

Cem 100% Sonetos é o 19º livro de João Gomes da Silveira, o décimo de poesia. Estes atuais poemas vêm a ser uma feitura homeopática de épocas diversificadas, e primam por serem uma confecção eclética, múltipla, quanto à sua composição temática. A pluralidade de assuntos, portanto, é a tônica do volume. Aos que encararam o soneto como uma composição poética fora de série, obsoleta ou superada, eu vos direi de modo solene: graças à sua infinitude, o soneto cabe tão só em quatorze versos, posto que “perfume bom”, à moda do francês, e, sendo perene, não se superará jamais. Quanto mais o façam vilão, desatualizado e demonizado, até, ou que o queiram minimizar perante a sinfonia de quaisquer das literaturas, tanto mais tal gênero de texto irá viver e viger no panteão das criações literárias.

Capa Final  - Lagarta de Fogo & Outras Crônicas.jpg

68% OFF

Esta coletânea de crônicas contém textos sincrônicos e diacrônicos. Feitura deveras eclética. Por vezes, aqui e ali, assemelha-se a uma narrativa de causos. É o 18º livro de João Gomes da Silveira, sendo o quarto no gênero. Leitura que se exprime, num ínterim de lazer, com muita leveza, factualmente enfocando temas lúdicos, opinativos e reflexivos. O livro conta com a participação especial do escritor Edmilson Caminha, que assina a crônica "O cronista e o descabaçador de verbos".

Capa Glosario - A4 - Volume II.png

54% OFF

Este glosario presenta un extraordinario acervo de frases hechas, en el idioma español, es decir, todo el libro se compone exclusivamente de expresiones fijas y dichos diversos, sentencias del lenguaje popular e idiomático, contiendo americanismos, jergas, lunfardos y bastantes otros modismos. El compendio es destinado a la enseñanza especial y meticulosa de la lengua de miguel de cervantes, pero tiendo en vista una integración linguística hispanoamericana.este glosario consta de dos volúmenes. El volumen i contiene 594 páginas. En ese volumen hay la parte i del glosario, que cubre hasta la letra ñ. El volumen ii tiene 595 páginas. En este volumen está la continuación de la parte i, hasta la letra z y la parte ii, compuesta del vocabulario de la a a la z, a excepción de las letras w y x. También está la conclusión, información sobre el autor, bibliografía y webliografía. Estás comprando el volumen ii.

Capa_Livro_João.jpg

72% OFF

Focando abordagem lúdica, portanto recreativa, o livro atual compõe-se de 54 crônicas bastante ecléticas. Assuntos os mais variados desfilam neste 17º volume posto a lume por João Gomes da Silveira. Dos dezesseis tomos que publicou, cinco tratam de linguagem, nove são de poesia e dois de crônicas, sendo este o terceiro do gênero. Meio crônicas, quase causos, aqui os aspectos narrativos se sobrepõem aos demais, em geral presentes nas crônicas propriamente ditas. Espera-se que a leitura do opúsculo faça bem e só lhes cause momentos de um ócio muito, deveras prazeroso.

Capa do Livro Poemações - João Gomes da Silveira.jpg

54% OFF

NOVAS POEMAÇÕES... Estes são versos líricos, por vezes algo até irreverente tiradas palatáveis, bem ao sabor dos amadores da coisa lúdica, contida na poesia. Homônimo de edição anterior, daí lhe haver-se somado o adjetivo «novas», este livro, o 20º de João Gomes da Silveira, ecleticamente está assim arquitetado: primeira parte, Sonetos e Sonetilhos, vinte e cinco de cada qual, em páginas alternadas segunda parte, Outras Poemações, poemas de forma fixa (indrisos, rondéis, trovas, aldravias, haicais etc.) e poemas de forma não fixa.

Sonetos_Em_Revoada INSTAGRAM.png

9% OFF

O que do amor nos for brotado com desejo é tudo o que seduz a nós e muito apraz, até te aplaudo que tu sintas certo pejo, só não por preconceitos ponhas pé atrás. Ah, peço a ti, agora, neste justo ensejo: em preconceito nunca sejas contumaz. A ti, de modo já diverso é que te almejo, e vou querer-te ainda com calor voraz. Querer a ti sem pejo, e como bem me for, a ti amando muito, mas com tal ardor, que nem lugar exista para preconceito. E nada de vulgar, então, se nos inclua, que na total penumbra sobressai a Lua, e a sós o nosso amor se atém de todo jeito.

CAPA5 - CRÔNICAS DO ÓCIO CONSENTIDO.jpg

13%OFF

Esta coletânea de crônicas contém textos sincrônicos e diacrônicos. Feitura deveras eclética. Por vezes, aqui e ali, assemelha-se a uma narrativa de causos. É o 18º livro de João Gomes da Silveira, sendo o quarto no gênero. Leitura que se exprime, num ínterim de lazer, com muita leveza, factualmente enfocando temas lúdicos, opinativos e reflexivos. O livro conta com a participação especial do escritor Edmilson Caminha, que assina a crônica "O cronista e o descabaçador de verbos".

CAPA1 2021 BICHOS INTROMETIDOS (2).jpg

30%OFF

"Este livro é um corpus linguístico composto exclusivamente de termos, expressões e ditos populares, a envolver saliente bicharada, os animais. Aqui figuram inúmeros seres vivos, lá desde os muito ínfimos, em presença física, até aqueles bem grandões, de elevado porte, os paquidermes.

Vem a ser uma pesquisa, destinada a todos, que passeia na seara idiomática e pretende realçar-se em uma contribuição, a única na praça livreira, hoje, à fascinante terminologia dos irracionais. No acervo, em verbetes, por meio de rigorosa ordem alfabética, ao longo das seções dos animais, desfilam trezentos e mais bichos, os quais, com insistência, se intrometem na linguagem dos humanos, donde o título da obra – BICHOS INTROMETIDOS. E mais: NA BOCA DO POVO."

João_Gomes_da_Silveira_Dicionário1.png

34%OFF

O presente trabalho é uma hiperoficina de gírias e outros modismos luso-brasileiros. Ele traz à tona a inimaginável riqueza idiomática contida nas frases verbais. Glossário monográfico, a rigor, o 'Dicionário de Expressões Popolares da Lingua Portuguesa' tem por fim explicar os significados de um campo específico, o das frases verbais. Tenta ser fiel ao nosso acervo idiomático. Restringe-se às expressões - ou sintagmas, como querem os linguistas - puramente verbais. Ou seja, tal fraseologia passa a ter vida própria a partir da classe gramatical dos verbos.

Cem_Sonetos_Insubmissos Instagram.png

6% OFF

Obra poética cujo gênero de composição é o soneto. Como se sabe, soneto é o poema de forma fixa, composto de quatorze versos, distribuídos em duas quadras e dois tercetos. Este volume, contendo cem textos, divide-se em duas partes, a saber: I D’amor e II De Resistência. Na primeira, obviamente, fala-se de temas ligados ao amor - é o lado lírico do opúsculo, na segunda parte, embora abordando generalidades, o eu-poético do autor volta-se mais para o enfoque das suas preferências sociais e socializantes. Composições ao estilo tradicional, em sua quase totalidade, utilizando-se de rimas e de metrificação, em versos decassílabos (maioria). Exceções existem em um ou outro sonetinho e em alguns sonetos dodecassílabos.